skip to Main Content
TB Inicia Atendimento Do SAMU Regional

TB inicia atendimento do SAMU Regional

A Prefeitura Municipal de  Telêmaco Borba inaugurou na manhã desta quarta-feira a base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Localizada ao lado das instalações da  Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e do Hospital Regional, a base conta com duas ambulâncias, uma de suporte básico e outra de suporte avançado para atendimento da população. Estas irão compor, a partir da próxima segunda-feira, o SAMU Regional, gerenciado pelo Consórcio Intermunicipal SAMU Campos Gerais (CIMSAMU). “Já somamos 14 municípios com atendimento do SAMU Regional, e outros três estão com contrato assinado para dar início”, comemora o diretor geral do Consórcio, Jaime Menegoto.
O prédio onde foi instalada a base já estava pronto desde a última gestão, e este ano o prefeito Márcio de Matos realizou os últimos preparativos para receber os profissionais da saúde e as ambulâncias. “Investimos R$ 1,4 milhão para o funcionamento do SAMU”, contabiliza o chefe do executivo.
Conforme o diretor do CIMSAMU, o prefeito de Telêmaco Borba foi um dos primeiros gestores da região a apoiar a implantação do serviço na região. “É uma discussão que estamos tendo há mais de três anos, e agora podemos colher seus frutos devido a determinação e vontade dos gestores”, aponta. Presidente do CIMSAMU, o prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel vem somando esforços para a concretização deste “sonho regional”. “Desde a instalação da base aérea do SAMU, em 2017, estamos trabalhando incansavelmente para a adesão dos municípios”, destaca, contabilizando centenas de atendimentos somente por meio do suporte aéreo.
Chefe da 21ª Regional de Saúde, Cleverson Soares, também destacou os esforços para a composição do CIMSAMU e início dos serviços de urgência no município. “É um momento histórico para a saúde pública em Telêmaco Borba. É um momento de orgulho”, relata, falando não somente da implantação do SAMU como do atendimento do Hospital Regional, recentemente anunciado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior.
Para o secretário de saúde de Telêmaco Borba, Ede Pukanski, o início do Serviço de Urgência demonstra a somatória de esforços da União, do Estado e do município, já que as ambulâncias foram disponibilizadas pelo Governo Federal, e após a habilitação da base, o Governo do Estado deve contribuir para a manutenção dos serviços. “Por enquanto o município repassa o valor do custeio para o Consórcio, responsável pela gestão dos veículos”, relata, destacando que os recursos são fundamentais para salvar vidas ou diminuir sequelas em casos graves por conta da agilidade dos atendimentos.
Para atuar nas duas ambulâncias em Telêmaco Borba foram contratados 27 profissionais da saúde, sendo dez socorristas, cinco enfermeiros, cinco técnicos de enfermagem além de sete médicos. “Eles fazem parte de uma equipe totalmente especializada para atender a população. É um alívio para as horas difíceis”, ressalta a vice-prefeita Rita Mara Araújo, lembrando de experiência recente com o serviço. “Tive que chamar o SAMU três vezes em Curitiba para atendimento da minha mãe. E em todos eles os profissionais foram rápidos e ágeis”, finaliza.


Back To Top